Quebra-cabeça

Existem pedaços que sempre vão ser levados, mesmo que você não queira – pedaço de bolo não conta, porque normalmente você faz para serem levados – mas pedaços de quem você foi, pedaços do seu coração. Pode até ser dolorido, mas com o tempo a ferida fecha, cura, e a cicatriz faz a lembrança do sofrimento tornar-se crescimento – uns 10 cm quem sabe – de muita maturidade, e de experiências de vida.

Existem coisas que precisam ir em pedaços, como diria Jack Estripador, se trabalhasse no correio de cargas humanas. Mas não somos nem Jacks e nem do correio.

A vida se transforma em quebra-cabeça onde você só vê a obra de arte quando estiver montada por completo, pedaço por pedaço encaixada de forma perfeita.Mas você não é apenas roubado, eu mesmo, vivo roubando, são manias, são jeitos, expressões, são brincadeiras, são pequenas coisinhas, que nem percebemos.

A partir desses pequenos furtos, somos transformados diariamente. Somos pessoas que mudam – na vontade de Deus – pra melhor. ELE é o MELHOR. Pedaços, de calçadas, lembranças e sonhos.

marianaemerimblog

Mesmo que…

Existem várias maneiras de expressar o que sinto, por um lado isso pode ser considerado até bom, por outro ruim, sendo tudo que eu faça não genuinamente suficiente para demonstrar o que meu coração sente, meus olhos querem tanto dizer, meu sorriso penso não ser o bastante.

Então você diz que me ama mais, a gente começa a brincar como se não houvesse ninguém percebendo o quanto parecemos crianças, e o quanto somos quem realmente reais, mas conseguimos viver numa fantasia, e nos divertimos independente do lugar, independente se há luzes, ou música de fundo, ou apenas aquelas estrelinhas que sempre fazem a nossa moldura,  pois  para nós não faz sentido prestar atenção nos que estão de fora, se o nosso mundo é bem mais divertido.

Você me faz sentir especial, única, isso do jeito que sou, até mesmo com minhas mudanças de humor, com minhas viagens ao país das maravilhas, ou usando meia fina e sapato alto imaginando ser qualquer outra personagem, totalmente melodramática, e um tanto artista excessivamente,  você me faz sentir exclusiva mesmo que pra isso muitas vezes a minha cena perfeita seja facilmente estraga por um esbarrar de cabeças, uma mãozada no nariz, um tropeço, até porque se fosse um filme eu escolheria viver uma comédia romântica, mesmo que apenas eu ria de suas piadas e do seu jeito desastrado.

Se eu pudesse expressar o que sinto escolheria de varias maneiras, com papel e caneta, com uma música, um olhar, um passeio de mãos dadas, uma caminhada na praia, um abraço ou um beijo, mas mesmo que eu fizesse uma lista, daquelas mil que eu tenho os itens não seriam suficientes, pois eu saberia que ao terminar sentiria que ainda existe a ausência de algo, e vai faltar mesmo, pois ainda estamos construindo, escrevendo, cantando, vivendo.

Meu coração não é capaz de transformar em ações aquilo que guarda dentro dele, mas mesmo que você repita quantas vezes for possível, e mesmo que eu muitas vezes não concorde com um olhar, e faça mil perguntas, saiba que eu sei onde encontrar as respostas, daquelas duvidas que eu ainda tenha e que você tem, e não tem a ver com nóia, ou com matrix, tem a ver com aquEle que sabe muito bem nos mostrar o caminho que devemos seguir.

Sem medo, e cheio de escolhas, que faremos JUNTOS.

marianaemerimblog

PROSSIGO

“Esquecendo-me das coisas que ficam para trás e avançando para as que estão adiante, prossigo para o alvo.” [Fp 3:13,14ª]

E o meu alvo é CRISTO. Tantas vezes já ouvi esse versículo, quantas e quantas vezes eu até já li esse versículo, e acredite! Porém, foi nessa manhã ensolarada de domingo que parei para pensar, e realmente VIVÊ-LO.

Tenho um passado – e quem não tem né – e mesmo tendo errado tantas e tantas vezes, pisado na bola com os amigos, com a família e principalmente com o meu Deus, mesmo tendo caído em tantas besteiras ao me deparar com esse versículo o que eu posso aprender?

Sim, sim eu preciso ESQUECER, deixar para trás. Os meus erros, os meus pecados, tudo deve ser jogado nas profundezas, onde Deus joga, e da onde eu não devo resgatar NADA.

Uma mania terrível que carrego comigo é mexer nas gavetas chamadas ONTEM e revirá-las em momentos inoportunos, transformando-as em mágoas, feridas que voltam a sangrar e em barreiras que me impedem de voar, porém, isso tudo deve ser muito bem empacotado, atirado numa caixa e fechar a sete chaves, jogar todas as chaves bem longe e dar um chá de sumiço. Desprender-me desses entulhos, dessa pedra na minha sandália, dessa mosca na minha batata-frita, desprender-me de todo o PASSADO.

Seguir adiante, prosseguindo para o ALVO. Meu alvo é incorruptível, é imutável, não vai me magoar, e muito menos virar passado. O meu alvo é CRISTO!

E não vou seguir sozinha, vamos nessa, JUNTOS.

marianaemerimblog